Meio milhão de trabalhadores deve sacar o Abono do PIS/Pasep até 30 de junho

Mais de 10 milhões de trabalhadores têm direito ao crédito; quem não respeitar o prazo perde o direito ao benefício

SÃO PAULO – Cerca de 510 mil beneficiados têm até 30 de junho para sacar o Abono do PIS/Pasep referente ao ano de 2005.

Ao todo, 10,2 milhões de trabalhadores têm direito ao crédito, disponível para saque desde agosto do ano passado. Quem não respeitar a data-limite, 30 de junho, perde o direito ao benefício.

Vale lembrar que os beneficiados do Programa de Integração Social (PIS), regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho, devem receber o dinheiro pela Caixa Econômica Federal, enquanto os beneficiário do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), os funcionários públicos, recebem pelo Banco do Brasil.

Abono de R$ 300

PUBLICIDADE

Em ambos os casos o valor do benefício é o mesmo: o equivalente a um salário mínimo, hoje em R$ 300,00, mas que a partir de 1º de abril será reajustado para R$ 350, conforme anunciou o governo na última terça-feira (24).
Em 2004, 709.886 trabalhadores deixaram de resgatar o benefício, totalizando R$ 184,5 milhões.

O pagamento do abono salarial tem início no segundo semestre de cada ano e vai até junho do ano seguinte, de acordo com o calendário divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), sendo que o calendário do trabalhador da iniciativa privada difere do calendário do servidor público.