Timidez ou ansiedade?

Medo de reuniões? Siga as técnicas de controle emocional

Especialista explica que o exercício de controle emocional pode garantir calma e clareza para lidar com situações embaraçosas que possam surgir

SÃO PAULO – Muitos profissionais já tiveram ou terão alguma reunião difícil a ser apresentada em algum momento de sua carreira. Uns dos maiores vilões são o nervosismo e a ansiedade de passar o conteúdo para dezenas ou até centenas de profissionais e ainda esperar bons resultados dessa apresentação.

Porém, existem técnicas de controle emocional simples que qualquer profissional pode fazer nessas horas. A especialista e coordenadora do 10º Congresso Latino-Americano de Programação Neurolinguística (PNL), Maíra Larangeira, afirma que ao em vez de lutar contra ou tentar fugir de se apresentar, as técnicas ensinam o profissional a ter concentração antes e durante as reuniões.

Para isso, Maíra sugere o exercício chamado “Encontrando sua Zona de Excelência Interior”, que segundo ela, explora a sabedoria da mente, do corpo e da intuição. “Ao conseguir enxergar a situação de um prisma maior, a pessoa consegue encarar a situação com mais opções – o que em estado de estresse e falta de preparo não seria possível”.

PUBLICIDADE

Passo a passo
A especialista conta que é preciso isolar-se para fazer o exercício de controle emocional antes da reunião, o que poderá garantir um estado de calma e clareza para lidar com situações embaraçosas que possam surgir, como perguntas que não sabe responder, interrupções frequentes e outras situações que desencadeiam sentimentos como medo, insegurança ou raiva. Para isso, siga o passo a passo a seguir:

1. Sente em uma cadeira com a postura ereta e confortável, com os pés apoiados no chão. Em todo o exercício faça uma respiração abdominal e regular.

2. Inicialmente, traga a sua atenção para as solas dos pés. Sinta a superfície de seus calcanhares, dedos e arcos dos pés.

3. Agora, expanda a sua atenção subindo os seus sentidos para pernas, joelhos, coxas, pélvis e quadris. Concentre-se no centro do abdome, respire profundamente e diga para si: “Eu estou me centrando”. “Estou aqui”. “Estou presente”.

4. Em seguida, foque seus sentidos para a coluna, pulmões, costelas, peito. Traga toda a sensação para o centro do seu coração, respire expandindo o seu peito e diga para si: “Eu estou aberto”. “Eu estou me abrindo”.

5. Continue e sinta os seus ombros, braços, cotovelos, antebraços, punhos, mãos e dedos. Perceba os seus sentidos também pelo pescoço, garganta e rosto. Inclua olhos, ouvidos, nariz, boca e língua. Traga os seus sentidos ao crânio, cérebro e ao centro da sua cabeça, atrás dos seus olhos. Respire como se estivesse respirando no centro da sua cabeça, enchendo-se de oxigênio e de energia e diga para si mesmo: “Estou desperto”. “Estou consciente”. “Estou alerta e vejo tudo de forma clara”.

PUBLICIDADE

6. Permaneça em contato com as suas sensações físicas em curso no seu corpo, desde os seus pés passando por todos os três centros: coração, abdome e cabeça. Sinta todo o espaço que existe embaixo de você, indo até o centro da Terra. Em seguida, todo o espaço acima de você chegando até o céu. Agora, todo o espaço que houver do lado esquerdo. Depois, todo o espaço que houver do seu lado direito. Todo o espaço atrás de você. Agora, todo o lugar à sua frente.