RADAR INFOMONEY Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

MEC cria curso superior de Segurança do Trânsito para reeducar motorista

O curso terá o incentivo à conscientização do cidadão como base, com o objetivo de aumentar a segurança no trânsito

SÃO PAULO – Nesta semana, o MEC (Ministério da Educação) divulgou portaria no Diário Oficial da União autorizando as instituições de ensino a oferecer o curso tecnológico em Segurança do Trânsito.

O novo curso está incluído no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia e pretende formar profissionais que atuem no planejamento, análise, fiscalização e execução de serviços definidos pelo Sistema Nacional de Trânsito.

Universidade, institutos federais e centros universitários já podem oferecer o curso. Já as faculdades devem pedir autorização do Ministério para oferecê-lo.

PUBLICIDADE

Reeducação no trânsito
De acordo com o MEC, o tecnólogo em Segurança Pública se centrará no desenvolvimento tecnológico, social e na segurança do trânsito, respeitando as pessoas e o meio ambiente.

Para atuar nessa área, o aluno aprenderá sobre o funcionamento dos órgãos de trânsito das três esferas do Poder Público (federal, estadual e municipal). O incentivo à conscientização do cidadão será a base do novo curso. A ideia é ajudar a realizar uma mudança cultural no comportamento das pessoas no trânsito.

“Este profissional deverá ser capaz de identificar problemas e buscar alternativas para a construção de soluções, a partir de instrumentos que permitam a avaliação de problemas locais, conforme a legislação de trânsito, com o envolvimento dos órgãos públicos e da sociedade civil, com um fim único: a segurança no trânsito e a preservação da vida”, diz a ementa.