Forbes

Mais três brasileiros que devem entrar na lista dos bilionários da Forbes

De acordo com a publicação, os empresários fundadores da WEG devem estar no próximo ranking

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A lista de bilionários da Forbes pode incluir mais três brasileiros na edição do próximos anos. Os bilionários que podem entrar na lista são os empresários Eggon João da Silva, Werner Ricardo Voigt e Lilian Werninghaus -viúva de Geraldo Werninghaus-, os fundadores da fabricante de motores elétricos WEG.

De acordo com uma reportagem publicada no site da Forbes, a fortuna de cada um é avaliado em US$ 1,4 bilhões. Juntos, eles têm participação de 50,1% da empresa.

A WEG é uma das maiores produtoras mundias de motores elétricos. Por dia, a empresa produz 68 mil motores, que somam 11,5 milhões ao ano. A empresa emprega 27 mil profissionais em todo o mundo.

PUBLICIDADE

No ano passado, a WEG somou lucro de R$ 655 milhões, alta de quase 12% na comparação com o ano anterior.

Empreendedorismo
A publicação destacou ainda a história de empreendedorismo de Eggon João da Silva, que começou a trabalhar aos 13 anos como “faz tudo”, em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina.

Em 1957, depois de 14 anos de trabalho em um banco estatal, tornou-se sócio da João Wiest & Cia. Ltda., uma empresa especializada na produção de canos de escape para veículos, então com 8 funcionários. Quatro anos depois, Eggon deixa a empresa, que já contava com 150 funcionários, para enfrentar o maior desafio de sua carreira.

Em abril de 1961, juntamente com Werner Ricardo Voigt e Geraldo Werninghaus, fundou a WEG, que na época produzia apenas motores elétricos.