Eleições 2012

Maioria prefere não falar de política no ambiente de trabalho

De acordo com uma pesquisa, apenas 31% dos entrevistados gostam de debater o assunto com os colegas, mas só quando estão fora do escritório

SÃO PAULO – Em muitas cidades haverá 2º turno das eleições para prefeito. O assunto é comum nas rodinhas de conversa, entretanto, uma pesquisa realizada pela Trabalhando.com revelou que 64% dos brasileiros preferem não falar em política nesta época.

Já 31% disseram que gostam de debater com seus colegas, mas preferem conversar sobre isso quando estão fora do escritório. Apenas 2% dizem que defendem seus partidos e candidatos no ambiente profissional e 3% tentam convencer seus colegas a votar nos candidatos de sua preferência.

Qual deve ser comportamento ideal?
Para o diretor-geral da Trabalhando.com Brasil, Caio Infante, o ideal é manter o foco no trabalho e durante o tempo livre aproveitar para conversar com os colegas sobre temas mais neutros que não gerem discussões ou problemas de relacionamento com os colegas.

PUBLICIDADE

Ele acrescenta que assuntos polêmicos devem ser tratados com cautela e no local adequado, pois dependendo do colega, este tipo de discussão pode causar inimizades e desentendimentos atrapalhando no desenvolvimento do trabalho. “O ideal é debater política em ambientes mais informais e com pessoas do seu círculo de amizade ou família. Se você for questionado por colegas de trabalho não dê detalhes sobre suas preferências políticas, mantenha-se neutro”, explica.

Cinco dicas para evitar polêmicas
Para evitar polêmicas e discussões no ambiente profissional, o especialista indica que profissional evite de:

  • Usar camisetas, broches ou quaisquer acessórios que remetam a seu candidato ou partido;
  • Se expor dando sua opinião política;
  • Falar em que votou ou votará;
  • Tentar convencer os colegas a votarem no seu candidato;
  • Criticar atitudes ou opinião dos colegas sobre suas escolhas ou simpatias.