Maioria dos executivos pretende mudar de emprego este ano

Entre os principais motivos que levam os profissionais a querer mudar de empregos estão aumento salarial

SÃO PAULO – Um levantamento realizado pela Michael Page revelou que 73% dos executivos de média e alta gerência pretendem mudar de emprego ainda este ano. Ao comparar com a pesquisa realizada em março de 2011, nota-se que houve um crescimento de 12 pontos percentuais.

Entre os principais motivos que levam os profissionais a querer mudar de empregos estão aumento salarial, apontado por 54% e a busca por metas e desafios estimulantes (47%). Além disso, eles apontaram promoção e qualidade de vida, ambos com 36%, estabilidade (19%), possibilidade de trabalhar em outra cidade ou país (15%) e implementação de horário flexível (7%).

Ao contrário
Em contra partida, ao serem perguntados sobre os motivos que os fariam continuar na empresa atual, a maioria apontou “metas e desafios estimulantes”. A importância relativa da “promoção” e da “qualidade de vida” aumentou em relação ao no anterior, este último quesito foi citado por apenas 6,1% dos executivos em 2011 e em 2012, 10,8% deles o apontaram como fator decisivo para ficar no emprego atual.

PUBLICIDADE

Para o diretor-executivo da Michael Page do Brasil, Marcelo De Lucca o verdadeiro motivo de mudança é a falta de estímulo e clareza nos projetos atuais, a promoção é apontada como forma de renovar a atuação e assumir novas responsabilidades. Assim, a retenção de talentos é um problema para as companhias que não investem na ousadia e na competência de seus executivos, a questão financeira é um fator decisivo na hora de optar pela saída, mas não é o principal.