Maioria dos brasileiros acha que salário está compatível com atividades do cargo

Quase 60% dos entrevistados acreditam que há compatibilidade entre o valor mensal que recebem e suas atividades

SÃO PAULO – A maioria dos profissionais brasileiros afirma que o salário que recebe está de acordo com as atividades e responsabilidades desenvolvidas no seu cargo atual.

Dos profissionais entrevistados em uma pesquisa da Page Personnel, 59% acreditam que existe compatibilidade entre o valor mensal que recebem e suas atribuições. Outros 10% afirmaram que, apesar de receberem um salário inferior à média de mercado, estão satisfeitos com as atividades e responsabilidades que possuem atualmente.

Além da remuneração
De acordo com a consultoria especializada no recrutamento e seleção de profissionais de suporte à gestão e primeira gerência, os resultados são considerados positivos. Atualmente, os profissionais dão valor a todo um conjunto de elementos e não somente ao salário.

PUBLICIDADE

“Eles não buscam apenas uma boa remuneração. Questões relacionadas à cultura organizacional, ao ambiente de trabalho, ao relacionamento interpessoal, ao conforto e ao bem-estar interferem significativamente nas escolhas profissionais desta geração”, explica o diretor executivo da Page Personnel, Roberto Picino.

Na prática, o salário não é visto pelos profissionais como bom ou ruim, mas sim como compatível ou não com suas atribuições, ou seja, com as demandas e atividades que realizam. Por outro lado, apesar de o trabalhador considerar todo um conjunto de elementos para se sentir satisfeito ou não, o salário não deixa de ser importante.

Nesse sentido, o estudo apontou que salários abaixo da média de mercado são a razão para o desânimo de 30% dos respondentes do estudo.