Pesquisa

Maioria das empresas não pretende contratar no próximo trimestre

Entre os 42 países que aparecem na pesquisa, o Brasil aparece em segundo lugar no ranking da intenção de contratação

arrow_forwardMais sobre
(Wikimedia Commons)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Uma pesquisa realizada pelo ManpowerGroup revelou que a maioria das empresas brasileiras não pretende contratar nos próximos meses. Dos 850 gestores entrevistados, 57% disseram que manterão o número de profissionais até setembro.

Outros 7% declararam que haverá uma diminuição no quadro de funcionários. Já 35% esperam aumento no número de profissionais.

Brasil é o mais otimista
Entre os 42 países que aparecem na pesquisa, o Brasil aparece em segundo lugar no ranking da intenção de contratação, ficando atrás apenas de Taiwan.

Aprenda a investir na bolsa

O Country Manager da ManpowerGroup Brasil, Riccardo Barberis, afirma que o levantamento reflete a contínua confiança dos empregadores brasileiros e as previsões indicam níveis de crescimento da massa salarial em todos os oito setores da indústria e de cada uma das cinco regiões diferentes.

“Ainda assim o otimismo das empresas é um pouco em função da persistente dificuldade em encontrar profissionais qualificados. O governo brasileiro anunciou recentemente que vai implementar medidas para atrair trabalhadores estrangeiros qualificados, a fim de ajudar as empresas que estão em busca de profissionais especializados. “

Setores
Entre os setores, a melhor perspectiva de aumento de vagas no período é em Serviços, Comércio e Finanças/Seguros & Imobiliário são os que estão esperando o ritmo de contratação com índices de +32%, 31% e 31% respectivamente.

Os empregadores menos otimistas são do setor de da Indústria e de Agricultura, Pesca e Mineração, ambos com +22%, que ainda assim é considerada uma boa taxa de intencao de contratação, indicando uma consistência nos setor para os próximos meses.