Liderança: faça sua equipe crescer com você!

Desafio lhe renderá importante aprendizado. Afinal, a habilidade de lidar com pessoas é um diferencial e tanto no mercado de trabalho

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pense e responda. Quando você idealiza o seu crescimento profissional como líder de equipe, o que lhe vem em mente?

Caso a opção seja se preocupar puramente com seu desempenho, cuidado! A liderança implica em vários fatores, sobretudo a forma como o seu grupo é conduzido. O seu crescimento, portanto, está atrelado ao desenvolvimento dos profissionais que trabalham com você. Não seja, jamais, uma ilha!

Como um time

Imagine a cena: o que pensar de um técnico de um time de futebol que perde todas as partidas? Nem é preciso ser muito bom no esporte para ter a resposta: depois de três, quatro, cinco derrotas, o clube já pensa em um outro nome, antes que a torcida enlouqueça.

Aprenda a investir na bolsa

Afinal, a obrigação do técnico é trazer resultados positivos e, claro, aproveitar o melhor do seu grupo. No mundo empresarial, respeitadas as proporções, a missão do líder não é muito diferente, daí o nome coaching.

Você é o seu grupo

É natural, ao dar os primeiros passos na coordenação de uma equipe, que você pense: por que devo prestar contas sobre o trabalho alheio? Com o tempo você perceberá que esta é a sua função.

Porém, não encare o fato como um fardo, mas sim um desafio que lhe renderá importante aprendizado. Afinal, a habilidade de lidar com pessoas é um diferencial e tanto no mercado de trabalho.

Envolva o grupo nas tarefas, mantenha-os informados quanto às metas e aos resultados alcançados. Aprenda a dividir, compartilhar experiências. Verá, pouco a pouco, o quanto ganhará com isso.

Além de um ambiente muito mais agradável de trabalho, você terá ao seu lado verdadeiros parceiros. Isso sem contar no seu crescimento: aprenderá a ouvir, a delegar, a colocar a mão na massa sempre que necessário. Sem falar, ainda, na arte de negociar e de reconhecer a importância da “política” no meio corporativo.

Muitos pensam em desistir

Ser “chefe” é o sonho de muita gente. Porém, muitos profissionais não se dão conta das obrigações, carga de trabalho e responsabilidades “conquistadas” com a promoção.

PUBLICIDADE

Não raro, especialistas de RH se deparam com funcionários que gostariam de voltar atrás, por não se adaptarem ao fato de terem de responder pelas atitudes alheias, cobrindo “buracos” e mantendo a equipe afinada.

Faça da experiência algo positivo

Primeira vez como chefe? Tenha consciência do quanto o seu papel é importante na vida de outras pessoas. Que tal tirar dos membros da sua equipe aquela visão de que todo chefe faz mal à saúde?

Aja como parceiro, como técnico de um excelente time. Antes de tomar qualquer atitude, pense no efeito que ela causará nas pessoas à sua volta. Que tal ser um exemplo positivo, uma grande referência para o seu grupo, sendo “bem” lembrado por cada um deles daqui a alguns anos, quando fizerem uma retrospectiva da vida profissional. Experimente, vale a pena!