AO VIVO Aprenda a se proteger das armadilhas do trading e gerir seu risco no mercado

Aprenda a se proteger das armadilhas do trading e gerir seu risco no mercado

Liderança à distância: como lidar com o funcionário?

É preciso manter uma boa comunicação para conseguir controlá-lo; seja tolerante com quem saiu do país e oriente-o bem

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com a globalização, as empresas competem com o mundo inteiro e, para conquistarem mercados, montam filiais em outros países. Em alguns momentos, é necessário enviar alguns funcionários para treinamento ou acompanhamento das atividades nestes locais, o que pode ser difícil para um líder.

Além do desfalque para a equipe, ainda existe o desafio de conseguir controlá-lo no exterior ou em outro estado. Sem acompanhar sua rotina e ver com os próprios olhos como ele está conduzindo os projetos, o relacionamento pode se complicar.

Mantenha a comunicação

Mas, para que isso não aconteça, o líder deve manter uma boa comunicação com o funcionário. Afinal, o sucesso dele lá fora também é mérito seu! Mantenha formas alternativas de contato, já que o fuso horário pode ser diferente e, quando ele estiver precisando de você, pode não estar mais na empresa.

Aprenda a investir na bolsa

Manter um contato por sites de relacionamento ou por e-mail pode ser mais econômico, mas mesmo que seja mais caro, algumas questões devem ser discutidas por telefone. Além disso, cuidado com o que escreve, as palavras podem ter duplo sentido.

Oriente-o bem!

Estando à distância, a correção de um erro pode demorar a ser realizada, o que resultará na falta de satisfação dos clientes/consumidores e de seu superior. Por isso, gaste quanto tempo for necessário para explicar as funções de seu funcionário distante.

Peça para ele repetir o que deve ser feito, se sentir que não foi bem claro. Busque um equilíbrio para tentar controlá-lo e ainda dar atenção à equipe que está perto.

Este é um desafio, mas que pode ser superado com organização. Determine um período do dia para conversar com este funcionário que está longe. Esteja sempre de portas abertas para os outros e nada de reclamar de um para o outro, o que é totalmente anti-ético.

Como controlar?

Peça relatórios semanais. Assim, saberá tudo o que está acontecendo com seu funcionário e qual o rendimento que está tendo em outro país. Neste caso, lembre-se de que existe um momento de adaptação com a outra cultura e horários diferentes. Seja mais tolerante no começo.

Busque o contato de outra pessoa para verificar se o funcionário está mesmo cumprindo com suas obrigações. Isso não mostra desconfiança, mas excesso de zelo para que os objetivos sejam alcançados.

PUBLICIDADE