Bilionários

Lemann recupera posto de brasileiro mais rico do mundo, segundo a Forbes

Em 2019, houve um acréscimo de 26 nomes, agora há 206 representantes brasileiros na lista dos mais ricos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Jorge Paulo Lemann recuperou sua posição como o brasileiro mais rico do mundo, segundo a lista de bilionários da Forbes, divulgada nesta quarta-feira (25). Até então, o posto era de Joseph Safra, o banqueiro dono do banco de mesmo nome.

Na segunda edição da lista em 2019, a primeira saiu em março, houve um acréscimo de 26 nomes no ranking. Agora há 206 representantes brasileiros na lista de bilionários.

De acordo com a Forbes, só neste ano, 20 novos nomes integram o ranking.

Aprenda a investir na bolsa

Confira abaixo os a lista dos 10 brasileiros mais ricos do mundo:

1. Jorge Paulo Lemann

Patrimônio: R$ 104,71 bilhões

Idade: 80

Setor de atuação: Bebidas/Investimentos

Jorge Paulo Lemman volta ao posto de homem mais rico do Brasil, lugar ocupado por ele desde 2013, quando desbancou o empresário Eike Batista, e após ficar alguns meses de 2019 atras de Joseph Safra neste ranking.

O investidor, além de atuar diretamente no fundo de investimentos 3G Capital, junto com Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, possui participação importante no conglomerado cervejeiro AB-Inbev, além de investimentos em grandes empresas mundiais, como a rede de fast-food Burger King. Ainda, o bilionário carioca está por trás da rede de padarias Benjamin.

PUBLICIDADE

Fora seus investimentos, ele possui a Fundação Lemman, que visa o fomento de jovens lideranças nacionais, além de possuir ações voltadas à inovação, gestão, políticas educacionais e à formação de uma rede de jovens talentos.

2. Joseph Safra

Patrimônio: R$ 95,04 bilhões

Idade: 81

Setor de atuação: Bancário

O banqueiro libanês – naturalizado brasileiro – chegou a ocupar o posto de brasileiro mais rico por oito meses durante esse ano de 2019, graças a solidez do seu negócio, o Banco Safra. Ele herdou o negócio de seu pai.

Ainda é dono do banco J. Safra Sarasin, na Suíça, e do Safra National Bank, nos EUA. Ainda, Safra tem investimentos imobiliários em algumas das principais metrópoles do mundo.

3. Marcel Herrmann Telles

Patrimônio: R$ 43,99 bilhões

Idade: 69

PUBLICIDADE

Setor de atuação: Bebidas/Investimentos

Telles é sócio da 3G Capital, além de outros empreendimentos menores e também é um dos fundadores da Ambev. Ele deixou o conselho administrativo do grupo cervejeiro em 2018 e tem se envolvido cada vez menos no dia a dia na empresa, mas continua sendo um megainvestidor no setor.

4. Eduardo Saverin

Patrimônio: R$ 43,16 bilhões

Idade: 37

Setor de atuação: Tecnologia

Saverin é o bilionário mais novo desta lista. Estudou com Mark Zuckerberg e é um dos cofundadores do Facebook. Mas faz tempo que a participação na rede social não é a unica fonte de renda do bilionário. Saverin mora em Singapura desde 2012, onde mantém uma empresa de investimentos focada em startups e atua principalmente no mercado asiático e americano.

5. Carlos Alberto Sicupira

Patrimônio: R$ 37,35 bilhões

Idade: 69

PUBLICIDADE

Setor de atuação: Bebidas/Investimentos

Desde 2016, o investidor é presidente do conselho administrativo das Lojas Americanas. Além disso, é também sócio da 3G Capital.

6. André Esteves

Patrimônio: R$ 20,75 bilhões

Idade: 50

Setor de atuação: Bancário

André Esteves é hoje o maior acionista do BTG Pactual, um banco de investimentos. Ele ocupava a presidência do banco, até ser preso pela Operação Lava Jato em 2015.

Foi absolvido em julho de 2017, mas não voltou a integrar oficialmente a diretoria ou o conselho e permanece como um grande por meio da BTG Holding, com cerca de 68% dos ativos. Esteves é um dos nomes que retorna à lista da Forbes depois de três anos.

Vale lembrar que no dia 23 de agosto, Esteves foi um dos alvos de busca e apreensão na 64ª fase da Lava a Jato.

7. Luiz Frias

Patrimônio: R$ 20,34 bilhões

Idade: 56

Setor de atuação: Pagamentos móveis

Luiz Frias é CEO e presidente do conselho administrativo da PagSeguro, empresa de meios de pagamentos e maior fonte de renda da sua fortuna. A companhia fez o IPO (abertura de capital) no início de 2018, o que fez com que ele entrasse para o rol de bilionários.

Além disso, a família Frias é, desde 1962, dona da Folha de S.Paulo. Ele é presidente da organização desde 1992.

8 e 9: Joesley Batista e Wesley Batista

Patrimônio: R$ 14,78 bilhões cada

Idade: 47 e 49, respectivamente

Setor de atuação: Alimentos

Os irmãos Joesley e Wesley aparecem empatados no ranking. Ambos são filhos de José Batista, fundador da JBS e integravam o conselho de administrarão da gigante de carnes até maio de 2017, quando renunciaram ao cargo após acordos de delação premiada na Operação Lava a Jato.

Apesar dos problemas com a justiça brasileira, os resultados nos negócios são bem positivos: o lucro líquido da JBS cresceu 201% no ano fiscal terminado em março deste ano, de acordo com o relatório divulgado pela companhia.

10. Candido Pinheiro Koren de Lima

Patrimônio: R$ 13,82 bilhões

Idade: 73

Setor de atuação: Saúde

Lima fundou a Hapvida, uma prestadora de serviços de saúde em 1979. A empresa fez o IPO (abertura de capital) na B3 em abril de 2018 e, apenas um ano depois de sua estreia na Bolsa, o valor da empresa cresceu 40%. Lima é o maior acionista e, com a alta, viu seu patrimônio crescer em R$ 6,2 bilhões.

 

Quer fazer pate da lista dos mais ricos? Comece investindo. Abra sua conta na XP Investimentos – é grátis