Ganhando mais

JPMorgan eleva salário base de funcionários nos EUA

Notícia veio após o anúncio do CEO da rede Starbucks dizendo que iria aumentar os salários dos empregados em pelo menos 5%

SÃO PAULO – Um dos maiores bancos de investimentos do mundo, o JP Morgan está dando um aumento para os funcionários que fazem parte da “base da pirâmide” do banco. A empresa está elevando o seu salário mínimo para 18.000 funcionários norte-americanos de US$ 10,5 por hora para entre US$ 12 a US$ 16,50 dependendo de fatores de mercado, ao longo dos próximos três anos, segundo informações do site Business Insider.

A empresa emprega cerca de 185.000 pessoas em os EUA no total. “Um aumento de salário é a coisa certa a fazer”, escreveu CEO Jamie Dimon, em um artigo de opinião no The New York Times terça-feira.

Notícia veio após o anúncio de segunda-feira (11) do CEO da rede Starbucks, Howard Schultz, dizendo que sua empresa iria aumentar os salários dos empregados em pelo menos 5%. O aumento salarial no Starbucks também reflete o aumento da concorrência no setor de serviços. O mesmo pode ser dito de reajuste salarial do JP Morgan, para o setor de bancos.

PUBLICIDADE

“Ele permite que mais pessoas começam a compartilhar os benefícios do crescimento econômico”, disse Dimon, destacando que muitos daqueles que se beneficiarão do aumento do salário são caixas de banco e representantes de serviço ao cliente.

Ele afirmou ainda que a empresa também está investindo US$ 325 milhões em educação “orientado a carreira” através de parcerias com organizações educacionais e doações de US$ 2 milhões a 10 estados para ajudar a fortalecer seus sistemas de ensino.

O banco vai liberar os dados de lucros do segundo trimestre nesta quinta-feira (14).