História de sucesso

Jay-Z se torna primeiro bilionário rapper; fortuna inclui ações da Uber

Aos 49 anos, ele construiu seu império investindo, diversificando e apostando em seus negócios próprios 

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O rapper Jay-Z é o primeiro cantor de hip hop a se tornar bilionário, segundo a revista Forbes. Aos 49 anos, ele construiu seu império investindo, diversificando e apostando em seus negócios próprios.  

Investidor da Bolsa de valores, tem US$ 220 milhões aplicados, sendo US$ 70 milhões investidos em ações da Uber – ele comprou US$ 2 milhões em ações da empresa pela primeira vez em 2013 e mantém os papeis desde então. 

Jay-Z também investe em imóveis. Depois da chegada dos gêmeos em 2017, Jay-Z e Beyoncé compraram algumas casas: uma mansão de US$ 26 milhões em East Hampton, em Nova York, e uma propriedade de US$ 88 milhões em Bel Air, em Los Angeles. Ele também é dono de uma cobertura no bairro de Tribecca, em Nova York, que comprou por US$ 6,85 milhões em 2004.

PUBLICIDADE

Sua linha de roupas, Rocawear, fundada em 1999, foi vendida por US$ 204 milhões à Iconix em 2007. É também co-proprietário de uma marca de conhaque, a D’Ussé, junto com a Bacardi. A joint-venture cresceu 80% em 2018.

Ainda, é dono do Tidal, um serviço de streaming de música, concorrente do Spotify, que ele comprou em 2015. 

A trajetória de Jay-Z é bastante impressionante. Antes de entrar para a música e começar sua própria gravadora em 1996, ele morou em complexos habitacionais de baixa renda no Brooklyn e traficou drogas na juventude.  

Desde então, ele ganhou 22 Grammy’s (um dos prêmios mais importantes da indústria da música) e teve mais de US$ 500 milhões em lucros antes de juros e impostos (Ebit).

Apoio de Buffett 

Um almoço entre o rapper e o mega investidor Warren Buffett, há nove anos, já dava indícios de que Jay-Z estava no caminho certo para alcançar a fortuna – pelo menos na visão do investidor, conhecido como Oráculo de Omaha por suas previsões acertadas em investimentos.  

PUBLICIDADE

Buffett, então com 80 anos, foi embora impressionado com o artista 40 anos mais novo. “Jay está dando aulas em salas muito maiores do que eu já ensinei. Para um jovem que está começando, ele é o cara para quem olhar e de quem aprender.”, disse o investidor, de acordo com informações da Forbes. Menos de uma década depois, fica claro que Buffett não errou.  

Invista seu dinheiro para viver de renda. Abra uma conta na XP – é de graça.