Japão tem o nono líder mais bem pago do mundo em relação à renda da população

Salário de Naoto Kan equivale a dez vezes a renda per capita dos japoneses. Líder de Cingapura recebe 40 vezes o salário médio

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Japão está em 9º lugar no ranking dos líderes políticos mais bem pagos do mundo. Um ranking divulgado pela The Economist nesta semana fez um levantamento dos salários de presidentes e primeiros-ministros de vários países do mundo.

A comparação é feita usando o cálculo da paridade do poder de compra. Dessa forma, o primeiro-ministro de Cingapura, Lee Hsien Loong, é o primeiro colocado no ranking. Recebendo o equivalente a US$ 2,183 milhões de dólares ao ano, Loong tem um salário mais de 40 vezes superior à renda per capita da população.

Em 9º lugar, o primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, recebe o equivalente a US$ 273,6 mil por ano, pouco menos de dez vezes a renda per capita dos japoneses.

Aprenda a investir na bolsa

Outros líderes
O segundo colocado é o primeiro-ministro da Indonésia, que ganha mais de 28 vezes a renda per capita da população, o equivalente a  US$ 124,1 mil. Em terceiro está o líder da África do sul, cujo salário é 26 vezes a média dos sulafricanos, e chega a US$ 272,2 mil anuais.

Do outro lado da balança está o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. Segundo a revista, Singh reafirma sua reputação de “santidade”, ao receber o menor montante dos contribuintes indianos.

Nesta semana, o primeiro-ministro do Quênia, Raila Odinga, rejeitou o aumento de 25% em seu salário autorizado pelo parlamento do país. Se fosse efetivado, Odinga receberia por mês o equivalente a US$ 430 mil ao ano, o equivalente a 240 vezes a renda per capita dos quenianos.