Japão: 230 mil desempregados precisarão de auxílio extra no Ano Novo

Dos beneficiados pelo seguro-desemprego desde junho, 60% continuarão sem renda por 3 meses a partir de dezembro

SÃO PAULO – O seguro-desemprego japonês, que hoje beneficia aproximadamente 390 mil pessoas, deve expirar em dezembro, deixando pelo menos 230 mil japoneses necessitados de auxílio social extra no período de Ano Novo.

Os dados, levantados pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar do Japão, mostram que, dos desempregados que pediram o benefício em junho deste ano, 60% devem ficar sem qualquer renda por três meses ou mais, assim que o auxílio terminar, informou o jornal Daily Yomiuri.

Desempregados acampados

Sob o sistema de seguro-desemprego do Japão, as pessoas recebem o benefício por 330 dias, no máximo. Porém, muitos empregados informais perdem seu benefício dentro de 90 ou 180 dias.

PUBLICIDADE

O objetivo do governo japonês, ao estimar a quantidade de pessoas que precisarão de auxílio extra, é evitar, no Ano Novo que se aproxima, o mesmo que ocorreu no início de 2009: muitos desempregados tiveram de acampar em uma vila e receber comida e acomodação emergencial do governo.