Intriga: o que fazer quando alguém mente para prejudicá-lo no trabalho

Fofoca e mentira são comuns no ambiente de trabalho. Saiba o que fazer em cada situação para contornar o problema

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Intriga e fofoca são comuns nas empresas, apesar de serem “anti-comunicação”, na avaliação do consultor da Manager José Antônio Rosa. Diante do problema, o mais sábio a fazer é prevenir situações das quais você pode sair prejudicado.

O especialista afirma que o profissional deve se utilizar de um “programa de prevenção contra intrigas”, que não passa de medidas simples, como fortalecer as relações com os colegas, pedir feedback dos superiores e avisar a todos que ninguém pode falar em seu nome.

Mentira

O que fazer quando a intriga já foi feita? Rosa dá a dica: “Percebido qualquer problema, o profissional não pode ficar passivo. Tem gente que fica magoada e deixa para lá, mas não é uma atitude promissora. O melhor mesmo é conversar com a pessoa que criou a intriga.”

Caso a vítima da fofoca não saiba quem foi o causador da intriga, é recomendável fazer uma reunião com todos os envolvidos e conversar com a equipe abertamente. Outra saída é falar com o chefe, que deve fazer uma reunião para resolver o problema.

Rosa avisa que a transparência é importante nessas horas, pois não ajudará tentar resolver uma fofoca com mais fofoca.