Internet facilita conquista de vaga e reforça necessidade de currículo bem feito!

Com os profissionais de RH tão sobrecarregados, é importante que o candidato faça, pela internet, currículo simples

SÃO PAULO – Há tempos a internet se consolidou como ferramenta de busca de novos talentos para as empresas. Por isso, aqueles profissionais em início de carreira devem abusar do recurso, mas com cuidado, principalmente na hora de elaborar um currículo.

“A ferramenta de recrutamento online ajuda o RH [recursos humanos] a não perder tempo na leitura de currículos que estejam fora do perfil e facilita o encontro do profissional ideal”, disse a gerente de RH da Sertrading, Ana Cristina Martins.

O objetivo do RH de qualquer empresa é encontrar o talento certo para a vaga certa e no momento certo. Mas com tantas atribuições delegadas ao departamento, ele precisa de agilidade!

Cuidado com o currículo!

PUBLICIDADE

Com os profissionais de RH tão sobrecarregados, é importante que o candidato faça, pela internet, um currículo com todas as informações necessárias, mas sem enrolações. O difícil é saber o que escrever, tendo em vista que o jovem profissional não tem experiência.

Para quem está em início de carreira, veja as dicas do diretor de Comunicação do site Estagiários.com, Giuliano Bortoluci, para a elaboração de um currículo:

  • Para quem não tem experiência, foque nos trabalhos realizados durante a faculdade ou no colégio. É importante colocar projetos sociais já realizados;
  • Para quem já teve uma primeira oportunidade no mercado de trabalho, é hora de explorar o conhecimento adquirido e uní-lo aos resultados conquistados na escola ou universidade;
  • O mais importante é ressaltar dados fiéis que possam, inclusive, ser confirmados pela empresa;
  • Ser objetivo na apresentação das informações e só colocar conteúdos relevantes. Um exemplo: se o candidato quer uma vaga para marketing, não deve encher o currículo com detalhes de curso de gastronomia;

“O mais importante é elaborar um currículo bem escrito, sem erros de português, conciso e com formatação adequada, ou seja, sem tentar chamar a atenção com cores e letras sofisticadas que fujam do padrão”, ressaltou Bortoluci.

Entrevista

Para quem for convidado a uma entrevista, a dica do diretor de Comunicação é a seguinte: “além da calma, mantenha a espontaneidade e o pensamento positivo para que o primeiro encontro com quem pode vir a ser seu chefe cause uma boa impressão e o mantenha na disputa pela vaga”, afirmou Bortoluci.