Interessado em concurso público? Confira perfil atual do candidato

Busca pela estabilidade ainda leva candidato para a carreira pública; porém, é preciso mostrar muito trabalho para ficar no cargo

SÃO PAULO – O desemprego e a instabilidade das carreiras no setor privado têm levado muitos profissionais a tentarem uma vaga em cargos públicos.

A segurança destas oportunidades ainda é um grande atrativo. Mas, de acordo com o diretor de um cursinho preparatório de Brasília, Wilson Granjeiro, o perfil do candidato tem mudado bastante ultimamente. “A idéia de que o servidor público trabalha pouco está mudando e, atualmente, nos editais de concursos públicos realizados, há a exigência de que se tenha conteúdo referente à conduta ética do servidor, com ênfase na produtividade e eficiência”.

Servidor do público

O funcionalismo público, segundo Granjeiro, tem deixado de ser visto como “vida fácil”, na qual o trabalhador “vai lá, deixa o paletó, não trabalha, vai o dia que quer”. Hoje, o servidor é avaliado anualmente. A remuneração depende do seu desempenho, e a permanência, de resultados.

PUBLICIDADE

“A única diferença em relação à iniciativa privada é que, no governo, antes de haver demissão, o servidor tem direito a um regular processo, que vai assegurar contraditório e ampla defesa”, explica Granjeiro.

Vaga depende de esforço

Mesmo com as mudanças, conquistar uma vaga no setor público ainda requer muito esforço e disciplina. Alguns especialistas chegam a afirmar que é mais fácil ganhar na loteria do que entrar num concurso sem estudar.

Assim, de acordo com Granjeiro, com a autorização, pelo governo, de cinco mil vagas para concurso público, os diretores de cursinhos preparatórios esperam um aumento de 35% na procura por capacitação até o final do ano.

Para ele, 2007 será o ano dos concursos. “Será muito bom para nós, empreendedores, e para quem está desempregado, ou quer sair da iniciativa privada e trabalhar para o governo, com os benefícios oferecidos”.