IBGE: emprego industrial cresce 2,6% em abril

Esse foi o 22º mês consecutivo de crescimento. Por outro lado, na comparação com o terceiro mês deste ano, foi registrada queda de 0,2%

SÃO PAULO – O emprego na indústria brasileira registrou incremento de 2,6% no quarto mês do ano, frente a igual período de 2007, revela a “Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário”. Este foi o 22° aumento seguido neste tipo de comparação.

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira (09) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na comparação com março, com ajustes sazonais, houve queda de 0,2% no emprego industrial.

Análise regional

Em abril, 11 das 14 localidades pesquisadas aumentaram seu contingente de trabalhadores, com destaque para São Paulo (4,5%), Região Norte e Centro-Oeste (2,9%), Minas Gerais e Região Nordeste, ambas com 2%.

No acumulado do ano, o Espírito Santo terminou o período com taxa negativa de 2,4%, em relação ao resultado do primeiro quadrimestre de 2007, além de Santa Catarina (-0,4%) e Ceará (-0,3%).

Setores

Entre os 18 setores, 13 tiveram resultados positivos, com destaque para máquinas e equipamentos (12,2%), meios de transporte (11,3%), alimentos e bebidas (3,6%) e máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (12,1%).

Entre os ramos com queda estão calçados e artigos de couro (-12,3%), vestuário (-5,8%) e madeira (-9,4%).