IBGE: emprego industrial cresce 2,2% em setembro

Na comparação com o oitavo mês deste ano, foi registrada estabilidade, e o maior destaque ficou com Minas Gerais, que apresentou alta de 5,2%

SÃO PAULO – O emprego na indústria brasileira registrou incremento de 2,2% no nono mês do ano, frente a igual período de 2007, revela a “Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário”.

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na comparação com agosto, a taxa permaneceu praticamente estável, com variação de 0,1%.

Análise regional

Em setembro, 12 das 14 localidades pesquisadas aumentaram seu contingente de trabalhadores, com destaque para São Paulo (2,6%), Minas Gerais (5,2%), e Rio Grande do Sul (3,3%).

Por outro lado, Santa Catarina terminou o nono mês do ano com taxa negativa de 1,9%, em relação ao resultado do mesmo período de 2007, assim como o Paraná, que registrou queda de 0,3%.

No acumulado do ano, os destaques ficaram com São Paulo (3,8%), Minas Gerais (4,6%) e região Norte e Centro-Oeste (3,6%).

Setores

Entre os setores, tiveram resultados positivos na comparação com o mesmo período do ano passado: máquinas e equipamentos (10,2%), meios de transporte (8,2%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (10,2%) e produtos de minerais não-metálicos (8,1%).

Entre os ramos com queda, estão vestuário (-7,1%), madeira (-11,3%) e têxtil (-6,5%).