Pesquisa

Homens têm mais aumento salarial do que as mulheres

O motivo do aumento entre os profissionais se deve principalmente pelo bom trabalho e performance

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um levantamento realizado pela Catho, site de empregos, revelou que em geral, os homens recebem mais aumento salarial do que as mulheres. Pelos dados, 35,9% dos profissionais tiveram aumento na remuneração, contra 32,3% das mulheres.

O motivo do aumento dos homens se deve principalmente pelo bom trabalho e performance, com indicador de 41,1%. Outro motivo é o aumento pela mudança de cargo (27,4%) e 17,3% por aumento geral na empresa. Além disso, 4,1% tiveram aumento porque o empregador cobriu a proposta de outra empresa, 2,1% por compensação de transferência e 8,8% por outras razões.

No caso das mulheres, 19,2% recebem aumento porque houve todos receberam na empresa, 27,7% por serem promovidas de cargo e 36,9% pelo bom trabalho.

Aprenda a investir na bolsa

Benefícios
O estudo apontou ainda que homens e mulheres pensam diferentes em relação aos benefícios. Para as profissionais, assistência médica e auxílio alimentação/refeição têm um peso relevante. Já para eles, a assistência médica também é importante, assim como participação nos lucros.

A diretora de Recursos Humanos da Catho, Telma Souza, explica que a preocupação feminina com os benefícios, como assistência médica e auxílios alimentação está muito relacionada ao cuidado com a casa e filhos.

Segundo ela, é muito comum a mulher escolher o melhor momento para ser mãe conforme a carreira. Do total de entrevistadas, 53% afirmaram ter deixado o mercado de trabalho para ser mãe. Em média, a mulher demora de 1 a 2 anos para retornar ao mercado de trabalho.