Trabalho

Homem que deixa o emprego para cuidar da casa é motivo de vergonha, diz pesquisa

Os profissionais que deixam seus empregos para cuidar temporariamente da casa é mal visto por 42% do público masculino

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Uma pesquisa realizada pelo Data Popular à pedido da empresa Tempo de Mulher revelou que os homens que deixam seus empregos para cuidar temporariamente da casa é mal visto por 42% do público masculino. Quando são as mulheres, o indicador é diferente, a esposa que deixa o emprego para cuidar dos filhos tem o respeito de 78% dos homens brasileiros.

Segundo 54% dos entrevistados, o homem que larga o trabalho para cuidar das crianças é motivo de vergonha e é avaliado como comodismo, preguiça e “vagabundagem”. Apenas 11% dos homens consideram essa decisão um motivo de orgulho.

Chefes de família
O estudo indicou ainda que há vinte anos, dois em cada dez domicílios tinham mulheres como responsáveis. Esse ano, a participação é de 38%. Ou seja, houve um crescimento de 90% em duas décadas.

Aprenda a investir na bolsa

“Esse processo do empoderamento feminino pela via do consumo e da renda é recente. Ele equivale ao papel dos homens dez anos atrás”, explica o presidente do Instituto Data Popular, Renato Meirelles.