Benefícios

Governo quer diminuir em R$ 6 bi o gasto com abono e seguro-desemprego, diz jornal

Objetivo é reduzir as fraudes no seguro-desemprego e aumentar as exigências para a concessão do abono

SÃO PAULO – O governo espera reduzir em cerca de R$ 6 bilhões as despesas com o pagamento de abono e seguro-desemprego em 2014, em decorrência do pacote de medidas que está sendo negociado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, com as centrais sindicais, segundo a matéria publicada pelo jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (11).

De acordo com a publicação, o objetivo das medidas em estudo é reduzir as fraudes no seguro-desemprego e aumentar as exigências para a concessão do abono.

A assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda foi procurada pelo InfoMoney e não confirmou o valor de R$ 6 bilhões. Por outro lado, afirmou que o governo pretende sim reduzir os custos e que está conversando com os sindicatos sobre a exigência de que o trabalhador faça cursos de qualificação profissional quando pedir o auxilio de seguro-desemprego pela primeira vez.

PUBLICIDADE