Governo poderá conceder 75 mil bolsas de estudos no exterior até 2014

Presidente Dilma solicita apoio de empresários no sentido de atrair investimentos para mandar mais de 100 mil ao exterior

SÃO PAULO – O Governo pretende conceder cerca de 75 mil bolsas de estudos no exterior para estudantes brasileiros até 2014, conforme discurso realizado pela presidente Dilma Rousseff na última terça-feira (26).

Conforme publicado pela Agência Brasil, em sua fala, Dilma ainda solicitou o apoio de empresários, visando enviar até o final de seu mandato 100 mil estudantes ao exterior. Formação de mão de obra mais qualificada é uma das principais preocupações da presidente. 

Diante de uma plateia formada em sua maioria por empresários, na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Dilma fez o seguinte apelo: “queria fazer um convite e um desafio aos senhores: eu acredito que o setor privado pode comparecer com uma ajuda aos estudantes brasileiros e ao Brasil, de forma que nos permita chegar a 100 mil bolsas em 2014″.

PUBLICIDADE

Mão de obra
Segundo a presidente, o problema quanto à mão de obra no País só existe porque os investimentos em grandes obras voltaram a ocorrer no Brasil. Por isso, a deficiência é vista por Dilma como um “bom problema”.

A mão de obra qualificada foi considerado um dos desafios que o atual governo precisa enfrentar para manter o crescimento econômico doméstico. Apesar de não ter se aprofundado no assunto, Dilma afirmou que nos próximos dias será lançado um programa destinado à formação profissionalizante, o Pronatec.