Governo bloqueia pagamento do Bolsa Família para mais de 622 mil famílias

Para secretária do Ministério do Desenvolvimento, dado é positivo pois mostra um aumento de renda entre os mais pobres

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento, uma operação do Governo Federal iniciada na última quarta-feira (17) excluiu 622.476 famílias atendidas pelo Bolsa Família, por terem ultrapassado o limite de renda fixado pelo programa social.

Os dados cadastrais do programa foram cruzados com a Rais (Relação Anual de Informações Sociais), bloqueando o pagamento de quase 6% das 11,1 milhões famílias atendidas pelo Bolsa Família. O número supera em 70% o registrado durante o ano de 2007, quando foram retirados 330.682 benefícios.

Apesar dos dados parecerem negativos em um primeiro momento, a secretária de Renda e Cidadania do ministério, Rosani Cunha, diz o contrário. “É um dado muito importante. Mostra que mesmo as famílias mais pobres estão conseguindo emprego”, conseqüentemente, aumentando sua renda.

Metodologia

Aprenda a investir na bolsa

O método utilizado pela Rais para o congelamento dos benefícios acontece quando o cruzamento de dados entre os órgãos do governo revela que a família possui renda superior ao limite do programa, R$ 120 per capita no grupo familiar, seja pela obtenção de um emprego ou de qualquer outro benefício social concedido pelo governo.