Em carreira / gestao-e-lideranca

Musk paga US$ 10 milhões para solução que substitui professores

As empresas estavam entre as cinco finalistas que chegaram às etapas finais da competição chamada Global Learning da XPrize  

global learning xprize
(divulgação)

SÃO PAULO - O CEO da Tesla, Elon Musk, premiou duas startups com US$ 10 milhões por criarem uma tecnologia que permite que as crianças aprendam a ler e escrever sozinhas - sem o auxílio de professores. 

As duas vencedoras - as startups onebillion e Kitkit School - dividirão o prêmio em dois. As empresas estavam entre as cinco finalistas que chegaram às etapas finais da competição chamada Global Learning da XPrize, organização sem fins lucrativos que projeta e gerencia concursos públicos destinados a incentivar o desenvolvimento tecnológico. 

Musk é um dos patrocinadores do prêmio. A competição foi criada em 2014 com o objetivo de estimular as crianças a assumir o controle de sua aprendizagem. O desafio é criar tecnologias que permitam que elas aprendam a ler, escrever e o básico de aritmética dentro de 15 meses.

Os cinco finalistas deste ano foram convidados a testar suas soluções tecnológicas e para isso cada equipe recebeu US$ 1 milhão. 

Quase 3 mil crianças participaram do teste, que aconteceu em 170 vilarejos na Tanzânia.

Segundo dados do XPrize, 74% dessas 3 mil crianças nunca haviam frequentado uma escola antes do teste e mais de 90% não sabiam ler uma única palavra em suaíli, idioma oficial da Tanzânia. Mas depois de 15 meses de aprendizado, esse número foi reduzido pela metade (45%).

"A educação é um direito humano fundamental, e estamos muito orgulhosos de todas as equipes e de sua dedicação e trabalho duro para garantir que cada criança tenha a oportunidade de aprender", disse Anousheh Ansari, CEO da XPrize, segundo informações do Business Insider.  

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP - é de graça. 

 

Contato