Em carreira / gestao-e-lideranca

Forbes elege os brasileiros mais ricos de 2019

Jorge Paulo Lemann perdeu o posto para o banqueiro Joseph Safra. Luciano Hang, Joesley e Wesley Batista entraram na lista.

Luciano Hang

SÃO PAULO - O número de brasileiros bilionários aumentou. Divulgada nesta semana, a lista da Forbes passou a contar com mais 16 brasileiros, incluindo o dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, e os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, contabilizando 58 brasileiros na lista. 

Segundo a revista, o empresário catarinense Luciano Hang possui fortuna de US$ 2,2 bilhões (equivalente a R$ 8,3 bilhões). Ele foi classificado na 1057ª posição mundial e 21ª entre os brasileiros.

Já os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS (das marcas Friboi e Seara), foram classificados na 1.717ª posição mundial e 48ª entre brasileiros. Cada um possui cerca de US$ 1,3 bilhão (equivalente a R$ 4,9 bilhões). Eles chegaram a ser presos devido a investigações da Operação Lava Jato, mas já foram soltos.

Também estão na lista de brasileiros bilionários pela Forbes nomes como Luiza Helena Trajano, maior acionista do Magazine Luiza (MGLU3), com US$ 1,6 bilhão e Samuel Barata, acionista da rede de drogarias DPSP, com US$ 1,2 bilhão. 

Outro destaque desta edição é a mudança na primeira posição. Após perder US$ 5 bilhões, o empresário Jorge Paulo Lemann deixou o posto de homem mais rico, ocupado por ele desde 2013. A liderança foi assumida pelo banqueiro Joseph Safra.

Ainda que o número de bilionários brasileiros tenha aumentado, a lista geral diminuiu. Em 2018, a Forbes listou 2.208 pessoas no mundo; neste ano, são 2.153. Juntos, os 58 bilionários brasileiros possuem fortuna de US$ 179,7 bilhões (cerca de R$ 679,3 bilhões).

Os 20 brasileiros mais ricos, segundo a Forbes

 
Nome (empresa) Patrimônio
Joseph Safra (banco Safra) US$ 25,2 bilhões
Jorge Paulo Lemann (3G Capital) US$ 22,8 bilhões
Marcel Hermann Telles (3G Capital) US$ 9,9 bilhões
Eduardo Saverin (Facebook) US$ 9,7 bilhões
Carlos Alberto Sicupira (3G Capital) US$ 8,9 bilhões
José João Abdalla Filho (investimentos diversos) US$ 3,4 bilhões
Abilio Diniz (comércio) US$ 3,1 bilhões
Fernando Roberto Moreira Salles (banco e mineração) US$ 3,1 bilhões
João Moreira Salles (banco e mineração) US$ 3,1 bilhões
Pedro Moreira Salles (banco e mineração) US$ 3,1 bilhões
Walther Moreira Salles Junior (banco e mineração) US$ 3,1 bilhões
André Esteves (BTG Pactual) US$ 3 bilhões
Alfredo Egydio de Arruda Villela Filho (Itaú) US$ 2,6 bilhões
Jayme Garfinkel (Porto Seguro) US$ 2,5 bilhões
João Roberto Marinho (Globo) US$ 2,5 bilhões
Roberto Irineu Marinho (Globo) US$ 2,5 bilhões
Ana Lucia de Mattos Barretto Villela (Itaú) US$ 2,4 bilhões
Walter Faria (cervejaria Petrópolis) US$ 2,3 bilhões
Cândido Pinheiro Koren de Lima (plano de saúde Hapvida) US$ 2,3 bilhões

Invista seu dinheiro e ganhe muito mais. Abra uma conta na XP!

 

Contato