Em carreira / gestao-e-lideranca

Bella Falconi: conheça a empresária brasileira de corpo sarado que conquistou os EUA

Fitness deu uma reviravolta em sua vida profissional e hoje é conhecida no Brasil e no mundo

Bella Falconi I
(Divulgação Bella)

ORLANDO, FL - Izabella Nunes Falconi, a mineira de Belo Horizonte de 28 anos que mora há sete anos na cidade de Orlando, nos Estados Unidos, possui um dos abdomens mais desejados do Brasil e do mundo. Conhecida como Bella Falconi, a sua disciplina nos treinos e a alimentação postada diariamente na rede social Instagram chamaram a atenção dos internautas, que hoje somam quase 800 mil seguidores.

Foi também a sua dedicação e a rede social que permitiram uma reviravolta na sua vida profissional. Atualmente ela possui fãs espalhados no Brasil e no mundo, e tem uma agenda carregada de trabalhos publicitários. A fitness soma 10 lojas de suplementos na Flórida, mantém contrato com uma importante marca de suplementos, com uma marca de roupa esportiva e com uma rede de academia no Brasil.

Está prestes a abrir a sua primeira academia nos Estados Unidos, prevista para ser inaugurada no mês de abril. Ela também dará início a sua carreira como palestrante no dia 26 de abril, durante o evento Arnald Conference, no Rio de janeiro (RJ), Brasil. Acompanhada pelo PhD em nutrição, Luciano Bruno, dará uma palestra com cunho motivacional, falando de sucesso profissional, obstáculos e conquistas.

Tanta visibilidade na vida da fitness aconteceu no curto período de três anos. Nesse tempo, ela passou de bancária com hábitos alimentares irregulares e nenhuma atividade física, para uma rotina disciplinada.

Mas para chegar onde está agora garante que não foi uma trajetória fácil. Ela conta que faz parte de uma família simples e que quando decidiu largar a faculdade de direito no Brasil no oitavo período para estudar no exterior, enfrentou trabalhos de diversos tipos, como em redes alimentícias e padarias, para conseguir se manter e ajudar a mãe no Brasil. "Cheguei a trabalhar em três empregos ao mesmo tempo. O desgaste era tanto que desmaiei de tanto cansaço em um determinado momento", conta.

Depois conquistou uma vaga de assistente em um banco brasileiro com sede no exterior. Em pouco tempo tornou-se responsável por supervisionar um departamento e durante os quatro anos que permaneceu lá dedicou quase todos as suas horas do dia ao trabalho, deixando de lado os cuidados com alimentação e exercícios físicos.

"Eu não era gordinha na época, ao contrário, estava muito magra e estou falando de 47 quilos", diz. A mudança veio do dia para a noite. Bella conheceu por meio de um amigo a atleta brasileira Diana Monteiro, que veio a passeio aos Estados Unidos e se hospedou em sua casa. "Em uma conversa ela me garantiu que era possível conciliar os compromissos profissionais com o exercício e dieta equilibrada", lembra.

No dia seguinte começou a mudança. Às cinco da manhã estava na academia e levou a alimentação que ela mesmo preparou para o trabalho. Sem condições de pagar nutricionista na época, fez a sua própria dieta e criava a sua série na academia com base na leitura de livros.

Foi quando começou a usar filtros do Instagram para tratar as fotos e postar no Facebook. Então percebeu a evolução da quantidade de usuários da noite para o dia. "Eu postava textos de incentivo para mim e que as pessoas começaram a se identificar. O volume de seguidores foi aumentando de uma forma tão rápida que eu pensei que fosse a hora de aproveitar esse momento", diz.

Como já conhecia pessoas que trabalhavam na área de suplementos, decidiu largar a carreira no banco e junto ao empresário José Volpato e ao seu noivo que já trabalhava na área, Ricardo Rocha, abriram a primeira loja de suplementos em uma região com grande concentração de turistas brasileiros em Orlando. Com um investimento de US$ 500, começou a funcionar em julho de 2011 a primeira loja com a marca Vitalex.

Já nesta época, a sua boa forma física e visibilidade na internet chamavam a atenção para campanhas publicitária, e paralelamente começou a criar o que considera outra marca. "Hoje, paralelo às lojas de suplementos, as pessoas reconhecem Bella Falconi como uma marcar. Eu não me vejo mais como pessoa física. Não que eu ganhe mares de dinheiro com isso, mas eu consegui criar certa credibilidade, respeito e admiração pelo meu nome que me traz produtos para o meu business, que é a Vitaflex", afirma.

Com certificação de personal trainer, atualmente a fitness cursa o segundo ano da faculdade de nutrição. O objetivo é se especializar ainda mais e usar o seu conhecimento na carreira de palestrante.

Ela idealiza também aumentar o número de academias e sonha ver a marca de sua loja de suplementos em franquias espalhadas em locais como Nova York e Las Vegas. Para a vida pessoal, reserva sonhos simples. "Se eu pensar daqui mais cinco anos, eu não almejo ter milhões, bilhões, mas quero poder ter uma vida confortável principalmente para a minha mãe, poder viajar, dar um bom estudo para os filhos. Enfim, além do meu sucesso, poder ajudar as pessoas".

Sobre a fórmula para o seu sucesso profissional responde: "Nunca ter desistido e sempre ter investido no meu sonho por mais que todo mundo dissesse que era louco demais, que não fazia sentido e que eu estava me arriscando. Eu acreditei e a minha intenção ao compartilhar o ter além do ser é inspirar as pessoas a realmente correrem atrás, não desistir e acreditar nos seus planos e nos seus projetos".

 

Contato