RADAR INFOMONEY Programa desta quarta fala sobre a fusão entre Localiza e Unidas e a disparada das ações do IRB - será que o jogo virou para a empresa na Bolsa?

Programa desta quarta fala sobre a fusão entre Localiza e Unidas e a disparada das ações do IRB - será que o jogo virou para a empresa na Bolsa?

Gasto médio com presente de Natal aumenta 15% neste ano, estima CNDL

O aumento se deve ao bom desempenho do mercado de trabalho e ao maior nível de renda dos brasileiros

SÃO PAULO – O consumidor gastará, em média, 15% mais em presentes no Natal deste ano. De acordo com a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), o aumento nos gastos se deve ao bom desempenho do mercado de trabalho e ao maior nível de renda dos brasileiros.

Segundo o presidente do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), Roberto Alfeu Pena, a injeção de recursos, com o 13º salário, vai dar importante contribuição às compras.

“São R$ 102 bilhões que estão indo para o pagamento de dívidas e novas compras no comércio. Vai ser o Natal da década, e a falta de vendedores nas lojas já mostra isso”, afirmou Pena.

PUBLICIDADE

Produtos
Ainda de acordo com a CNDL, o período de festas terá mais concentração de produtos importados, em razão do real forte e do aumento da renda da população. “Será o Natal do importados”, afirmou o presidente da estidade, Roque Pellizzaro Junior.

Os eletroeletrônicos e eletrodomésticos de maior valor deverão ter o maior crescimento promocional em vendas este ano. Já os itens de perfumaria e vestuário serão os preferidos do consumidor.