Ganhou o diploma, mas perdeu o emprego? Veja o que fazer!

Se o estagiário recebe informação de que não será efetivado, é importante esclarecer que estará em busca de outra oportunidade

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Por mais incrível que pareça, existe uma situação bastante comum a alguns estagiários: quando estão próximos de se formar, recebem a informação de que não serão efetivados. Isso mesmo, eles ganham o diploma, mas perdem o emprego. Diante disso, o que fazer?

De acordo com o gerente nacional de estágios da Gelre, empresa especializada em relações humanas no trabalho, Alexandre Lima de Oliveira, se o estagiário recebe esta informação no último semestre, é importante esclarecer que estará em busca de uma outra oportunidade. Na conversa sobre o assunto, ele deve falar que seu objetivo era ser efetivado, mas, como não será possível, terá que procurar outra chance. “Não há problema em dizer isso”, afirmou.

Antes de sair da empresa, por sua vez, um conselho dado pelo gerente é que o estagiário faça o máximo para terminar todos os projetos que estavam sendo tocados por ele. Em determinadas situações, por sua vez, isso não é possível. “Então, não deixe a empresa antes de passar informações para outro estagiário”, ponderou.

Aprenda a investir na bolsa

Faça tudo com muita calma e sem ressentimentos, afinal, em alguns casos o problema não é você, mas a empresa que não tinha vagas para outro profissional. “Mantenha bons relacionamentos”, disse Oliveira, adicionando que isto deve ser feito mesmo que estiver triste com a dispensa.

E quando a informação não vem?

Em micro e pequenas empresas, em que a estrutura é mais familiar e, em alguns casos, não existe uma área bem estruturada de RH (Recursos Humanos), costuma ser mais comum o estagiário ficar um bom tempo sem saber se existe a possibilidade de efetivação. O que existe nestas empresas é mais proximidade entre as pessoas, o que significa mais contato, mas não necessariamente mais retorno sobre o trabalho.

Em lideranças mais modernas, por sua vez, isto é menos comum, bem como em médias e grandes empresas, que têm um RH mais estruturado. O retorno sobre a efetivação também depende de cada gestor da equipe, como ele age diante da situação. “O que se sabe é que a falta de feedback significa que o gestor não coloca o que quer e o liderado não responde, porque não sabe o que fazer. Fica um gap, um vazio”.

Questionado sobre se nesta situação de falta de informação é indicado que o estagiário solicite um feedback, Oliveira disse que sim. “Quando não tem a informação, a gente coloca que sim, é indicado solicitar o feedback. Pergunte se está respondendo ao que é pedido”.

Se, mesmo assim, não tiver a resposta, ainda é possível identificar sinais de que está agradando. Basta ver o retorno que está tendo nas atividades que realiza!