Ganha pouco e quer fazer faculdade? Aumente a chance de conseguir uma bolsa

É preciso correr atrás e coletar todas as informações dos processos de seleção; cuidado com currículo e documentação!

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Depois de ter entrado no mercado de trabalho por necessidades financeiras, você percebeu que precisa de embasamento teórico para crescer profissionalmente e, então, decidiu fazer uma faculdade. No entanto, o salário ainda é curto para tamanho investimento.

E, como você, outros milhares de brasileiros precisam de um apoio financeiro. Mas saiba que existem maneiras de aumentar suas chances de conquistar uma bolsa de estudos na universidade. Você sabe como?

Corra atrás!

Não basta apenas querer, é preciso correr atrás e ser insistente. Comece se informando sobre todos os tipos de bolsa que pode ganhar, bem como sobre o financiador. Depois disso, informe-se sobre as universidades que oferecem estas bolsas.

Aprenda a investir na bolsa

Para que você consiga a bolsa, alguns programas pedem um currículo. Para você que está no mercado de trabalho, este já é um diferencial. Fale sobre os projetos dos quais já participou, e aposte no seu marketing pessoal. Se tiver muito a escrever, faça um resumo na primeira página.

No processo seletivo para a bolsa, também será preciso escrever uma carta de intenções. Por que o curso será importante em sua vida profissional? O que pretende fazer durante a faculdade? Seja caprichoso, claro e conciso, com um português correto e objetivo.

Primeiro contato pessoal

Depois de se inscrever no processo e do currículo aprovado, é hora da entrevista pessoal. Neste momento, você deve ser o mais formal possível, já que a imagem conta muito. Além disso, mantenha a calma, ou então não conseguirá o que tanto almeja.

Seja pontual e escolha a roupa certa: vista-se (e bem) de acordo com a ocasião. Profissionais de tecnologia, por exemplo, são menos formais do que advogados.

Documentação

Já que muitas pessoas desejam a bolsa e têm necessidade para completar seus estudos, o processo é bastante exigente e deve ser justo. Por isso, tudo o que você declarar deve ser comprovado por meio de documentos. Nada de mentir somente para conseguir o apoio financeiro.

Se está interessado, é melhor já procurar em sites ou ligar para os institutos ou universidades que oferecem as bolsas para saber datas, prazos e documentos necessários. Boa sorte!

PUBLICIDADE