Bernardo Hees

Funcionário exemplar de homem mais rico do Brasil recebe US$ 9,2 milhões

No comando da Heinz, sua remuneração de 2013 foi de US$ 9,2 milhões, por pouco mais de seis meses comandando a empresa após a compra da gigante pelo 3G Capital e Berkshire Hathaway

eSÃO PAULO – Bernardo Hees é um dos homens de confiança do grupo de investidores liderados por Jorge Paulo Lemann. Atual presidente da Heinz, o executivo também já se destacou em posições de liderança da ALL e do Burger King, duas empresas comandadas por Lemann e seus sócios, Marcel Telles e Beto Sicupira. 

Assim como Carlos Brito, quase ele mesmo um bilionário por comandar a AB InBev, Hees recebeu uma elevada compensação por sua lealdade e bom serviço. No comando da Heinz, sua remuneração de 2013 foi de US$ 9,2 milhões, por pouco mais de seis meses comandando a empresa após a compra da gigante pelo 3G Capital e Berkshire Hathaway. 

Hees recebeu US$ 562 mil em salário, US$ 1,2 milhão em incentivos e US$ 151 mil em compensações por causa da mudança. O grosso da remuneração veio de opções sobre ações, que totalizaram US$ 7,3 milhões no ano passado. O executivo brasileiro tem a missão de melhorar o resultado operacional da Heinz, comprada por US$ 23 bilhões por Berkshire e 3G. 

PUBLICIDADE