Seguro-desempregp

Força Sindical recorrerá na Justiça contra reajuste do seguro-desemprego pelo INPC

Para a Força Sindical, a elevação das parcelas dos benefícios deve ser atrelada ao salário mínimo

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Força Sindical entrará como uma ação direta de inconstitucionalidade no Superior Tribunal Federal contra a decisão do Codefat (Conselho do Fundo de Amparo do Trabalhador) de reajustar o seguro-desemprego pelo INPC (Índice Nacional de Preços). O sindicato promete fazer manifestações e atos em todos os estados para protestar contra a medida.

Para a Força Sindical, a elevação das parcelas dos benefícios deve ser atrelada ao salário mínimo. E afirma que decisão do Ministério da Fazenda “para fazer superávit primário só trará prejuízos para a sociedade brasileira.”

Para o sindicato, a medida prejudica quem mais precisa de ajuda, que são os desempregados. “A diminuição dos valores das parcelas impede que o seguro-desemprego atinja o seu real objetivo, de dar amparo social de maneira ampla às pessoas que perderam seus empregos e, consequentemente, suas rendas.”

Aprenda a investir na bolsa