Fique atento à acomodação, grande armadilha no ambiente corporativo

Se você acha que tudo está perfeito e que, após as férias, é melhor deixar tudo como está, muito cuidado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As férias estão chegando ao fim e é hora de analisar bem o que foi feito de certo ou errado, para começar o novo período de trabalho com o pé direito, certo? E, quando o assunto é carreira, esta análise se torna ainda mais importante.

Porém, se você acha que tudo foi perfeito e que é melhor deixar tudo como está, muito cuidado! A frase “em time que está ganhando não se mexe” deve ser observada com cautela, já que pode ser vista como “acomodação”, verdadeira inimiga para sua carreira ou, dependendo do caso, para a gestão da sua empresa.

Questionamento constante

O ideal é que, o tempo todo, você acompanhe de perto o que acontece à sua volta e avalie resultados. Se o seu desempenho hoje é visto como positivo, por exemplo, não há motivo para “estacionar”. Da mesma forma, se não há reclamações sobre sua equipe ou sobre os serviços prestados por sua empresa, isto não significa que não há o que melhorar!

Aprenda a investir na bolsa

Imagine uma situação: faça de conta que você é um pequeno empresário ou que lidera a equipe comercial de uma grande empresa. Possui poucos clientes, mas bastante satisfeitos com os serviços prestados.

Isso, de forma alguma, lhe dá a segurança de que continuará comercialmente tranqüilo, já que seu faturamento está na mão de poucos. Mas o silêncio dos clientes nem sempre significa satisfação. Sendo assim, intensifique a ação da área comercial, aposte no trabalho de manutenção dos clientes e, principalmente, procure abrir novas portas.

Intensifique o contato com outras empresas, observe a concorrência e procure inovar, oferecendo no mercado um diferencial irresistível. Aposte em novas idéias e novas frentes. Você verá os resultados.

Ótimo desempenho? Então… não estacione!

Sua avaliação de desempenho tem sido exemplar e isso lhe faz crer que já atingiu um patamar onde pode se dar ao luxo de “relaxar”: já conhece tão bem a empresa, seu chefe, os procedimentos e o trabalho que não há com que se preocupar. Cuidado! As coisas não são bem assim!

O mundo corporativo e a briga das empresas por um lugar ao sol exige do profissional a preocupação constante com sua postura, suas atitudes e seus conhecimentos. Portanto, informe-se, atualize-se e faça sempre uma auto-avaliação, procurando encontrar formas de melhorar. Sempre há o que aperfeiçoar. Portanto, não se acomode!