Fiesp aponta corte de 46 mil vagas na indústria paulista em dezembro

No acumulado do ano, o saldo é positivo em 48,5 mil empregos gerados, um aumento de 2,4% sobre 2004

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A indústria paulista reduziu sua força de trabalho em 2,16% em dezembro, na comparação com o mês anterior, o que significa o corte de 45.818 vagas.

No entanto, considerando-se o ajuste sazonal, vale dizer que o nível de emprego registra variação negativa de 0,04% no último mês do ano. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (12) pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Quase 50 mil empregos gerados em 2005

Aprenda a investir na bolsa

Ainda na série sem ajuste sazonal, a pesquisa da Fiesp revela que as admissões acumuladas em 2005, até dezembro, totalizam 48.419 vagas profissionais, representando aumento de 2,40% no nível de emprego da indústria paulista, em relação ao mesmo período de 2004.

O estudo mostra ainda que, dos 47 sindicatos pesquisados do Estado de São Paulo, 12 registraram desempenho positivo, enquanto 26 tiveram resultado negativo e outros nove permaneceram estáveis no período.

Maiores contratações e cortes de vagas

Entre os segmentos analisados pela Fiesp, o de Mármores e Granitos foi o que mais contratou em dezembro (5,77%). Na segunda colocação, aparece Bebidas em geral (2,50%), seguido por Rações Balanceadas (2,15%).

Já em relação aos cortes de vagas, que refletiram na queda global do indicador, os destaques couberam ao segmento de Matérias-Primas para Fertilizantes (-5,98%), Calçados de Franca (-5,52%) e Estamparia de Metais (-5,16%).