Contramão

Fiat anuncia contratação de mais de 600 profissionais

Com novos contratados, montadora pretende eliminar gargalos e ampliar a produção em 150 automóveis e comerciais leves por dia

SÃO PAULO – Diferente de outras montadoras que estão demitindo seus profissionais, a Fiat anunciou a contratação de 660 trabalhadores para as áreas de prensas, funilaria e pintura. Com esse aumento, o quadro de pessoal passará dos atuais 18.660 para mais de 19 mil contratados.

Com os novos profissionais, a montadora pretende eliminar gargalos internos e ampliar a produção em 150 automóveis e comerciais leves por dia. O nível diário de produção também irá aumentar de 3 mil para 3.150 unidades por dia.

“Esperamos que esta seja a primeira etapa do processo de contratação de novos trabalhadores. Tudo dependerá do comportamento do mercado nos próximos meses”, afirma o presidente da Fiat/Chrysler para a América Latina, Cledorvino Belini.

PUBLICIDADE

Demanda
O mercado brasileiro está consumindo cerca de 16 mil unidades por dia, a Fiat tem participação de 22,2% nestas vendas. A demanda é proveniente da medida de redução das taxas de juros, desbloqueio do crédito e redução da carga tributária sobre os veículos, que se estenderá até dia 31 de agosto.

A decisão da montadora terá impacto sobre a cadeia produtiva, que tende a contratar mais trabalhadores para atender à maior demanda de peças e componentes.