FGTS: Caixa pagou mais de R$ 15 milhões no último sábado

Até as 12h de sábado, a Caixa havia pago cerca de 168 mil contas em todo o país, somando um total de R$ 15 milhões

SÃO PAULO – A Caixa Econômica Federal voltou a abrir suas agências aos finais de semana a partir deste sábado, dia 10, para o pagamento dos créditos complementares do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), referente às perdas obtidas nos planos Verão e Collor 1, para os trabalhadores com saldos a receber de até R$ 100.

Caixa realizou mil pagamentos por minuto

De acordo com o calendário divulgado pela Caixa, sábado foi o dia dos trabalhadores nascidos no mês de janeiro receberem os créditos até R$ 100. Até às 12h de sábado (10), a Caixa pagou cerca de 168 mil contas em todo o país, somando um total de R$ 15 milhões. De acordo com nota oficial divulgada à imprensa, o atendimento médio das agências neste dia era de mil saques por minuto.

Do total de pagamentos computados nas primeiras três horas do dia, 74,3% dos saques haviam sido realizados nas agências da Caixa, 21,7% nas casas lotéricas, através do Cartão do Cidadão; e, por fim, 4% nos caixas eletrônicos e correspondentes bancários.

PUBLICIDADE

Para facilitar o atendimento aos trabalhadores com saldos de até R$ 100, a CEF decidiu liberar os saques para estas pessoas. Isto significa que não será preciso justificar o direito ao saque, mediante a apresentação de extrato analítico da época ou termo de rescisão contratual.

Talvez você não saiba, mas o saque dos créditos complementares só pode ser efetuado pelas pessoas que se enquadram nas situações de saque previstas na legislação do FGTS. Do contrário, o crédito será apenas depositado na conta de FGTS do trabalhador e ficará vinculado ao saldo já existente.

Nascidos em fevereiro recebem no dia 17

Para os trabalhadores que se enquadram nesta fatia com saldos de até R$ 100 o procedimento para sacar o dinheiro será bastante simplificado, bastando apresentar na boca do caixa da CEF um documento de identidade (RG), carteira de trabalho ou cartão do PIS.

A liberação do dinheiro acontecerá de forma gradativa de acordo com a data de nascimento de cada trabalhador. Desta forma, os nascidos em fevereiro, receberão no dia 17 de fevereiro; os nascidos em março e abril, dia 24, e assim por diante, conforme o calendário a seguir:





















Nascidos emRecebem a partir de
Janeiro10 de agosto
Fevereiro17 de agosto
Março e abril24 de agosto
Maio e junho31 de agosto
Julho e agosto14 de setembro
Setembro e outubro21 de setembro
Novembro e dezembro28 de setembro