Falta de reconhecimento e oportunidade são entraves na área de RH

Pesquisa da ABRH procurou identificar perfil do jovem profissional que ingressa na área de Recursos Humanos

SÃO PAULO – A falta de reconhecimento e a falta de oportunidade de entrada e crescimento na área são as principais dificuldades que o jovem profissional de RH (Recursos Humanos) – com até um ano de carreira – enfrenta. Na esteira dos problemas, ainda estão a baixa remuneração e o clima organizacional.

Para os profissionais com mais de dez anos de carreira, a falta de reconhecimento, profissionais despreparados, resistência à mudança, falta de visão estratégica e pouco investimento no setor são as maiores dificuldades encontradas no mundo corporativo do RH.

As informações constam de pesquisa encomendada pela ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos) à NextView People, empresa especializada em estudos e pesquisa de tendências de Gestão de Pessoas. O objetivo do estudo era identificar o perfil do jovem profissional que ingressa na área de RH. Ao todo, 755 profissionais participaram, pela internet, do estudo.

PUBLICIDADE

Escolha pela área
O gosto de trabalhar com pessoas foi a principal resposta entre aqueles que optaram por seguir na área de RH, citada por 32% dos entrevistados. Já para 26% o RH foi escolhido por ser uma área estratégica, já que é responsável pela contratação e desenvolvimento de profissionais.

Com menor intensidade, 24% dos profissionais responderam que o fator humano pode fazer a diferença na organização, e 20% afirmaram que a área de RH tem uma missão importante dentro da empresa.

Futuro
Com relação aos aspectos gerais da profissão de RH, 69% dos pesquisados do segmento acreditam que a área de RH terá cada vez mais importância nas companhias.

Outros 46% acreditam que há chances de construir uma bela carreira com investimentos em qualificação e 38% apontam “estratégias e remuneração” como foco para melhoria de conhecimentos.