Falta de objetividade prejudica, e muito, sua carreira

Sem objetivos definidos, seus projetos e relacionamentos dentro da empresa são afetados; veja outros efeitos

SÃO PAULO – Um profissional que não sabe realmente o que quer de sua vida acaba não sendo tão cotado para a empresa quanto outro que se mostra interessado ao que está realizando.

Isso pode não ser novidade para você, mas será que você consegue detalhar quais são os efeitos da falta de objetividade em sua carreira? Caso a resposta seja negativa, veja alguns deles abaixo.

Passado para trás

Ser objetivo é saber o que deve ser feito e como ser realizado de maneira simples. Com isso, você consegue cumprir suas atividades e projetos de maneira satisfatória e desbancando a concorrência.

PUBLICIDADE

Quem rodeia, apenas perde tempo. Mas vale ressaltar aqui que, em alguns momento, é importante parar para pensar, se houver tempo e disponibilidade para isso. No entanto, saiba que quem fica para trás é quem não tem objetividade.

Relacionamentos afetados

Além de não conseguir realizar os projetos, este profissional não consegue se expressar. E não conseguir dizer de maneira correta o que pensa pode afetar no seu dia-a-dia e no relacionamento com as outras pessoas.

Isso porque você acaba por dizer o que não quer, as pessoas se afastam de você e acabam por lhe ofuscar dentro da empresa. Para quem não está interessado em “fazer carreira” em um local, isso pode não parecer importante, mas lembre-se que as companhias costumam pedir indicação para as empresas pelas quais o futuro contratado passou para saber um pouco dele.

É neste momento que você sentirá que sua falta de objetividade pode ter lhe prejudicado.