Expurgos FGTS: trabalhadores começam a receber extratos

Caixa iniciou entrega dos extratos para os 13 milhões de trabalhadores que já aderiram à oferta do Governo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Nesta terça-feira começaram a ser distribuídos os extratos dos 13 milhões de trabalhadores que optaram por aderir à oferta do Governo de pagamento de expurgo sobre os saldos das contas de FGTS, referentes à época dos planos Verão (reajuste de 16,64%) e Collor 1 (ajuste de 44,8%).

No entanto, só devem receber os extratos os trabalhadores que se cadastraram junto à Caixa Econômica Federal através do preenchimento da primeira parte do Termo de Adesão até o final do último dia 28 de fevereiro. Somente com este cadastro é que a Caixa terá todas as informações necessárias para o cálculo do expurgo e envio do extrato.

Pagamento começa em junho

Com o extrato em mãos, o trabalhador poderá ter uma idéia de quando serão feitos os pagamentos dos expurgos na sua conta de FGTS. A princípio, os créditos serão feitos na conta vinculada do FGTS. Caso você já tenha efetuado saque na sua conta, o depósito será feito em uma conta corrente bancária indicada por você no Termo de Adesão.

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com o calendário estabelecido pelo Governo, o pagamento deve ser iniciado no próximo mês de junho, quando devem receber integralmente o expurgo os trabalhadores que têm até R$ 1 mil para receber. Nos demais casos, o pagamento será feito de forma parcelada e com desconto, como ilustrado abaixo:

  • De R$ 1.000 até R$ 2.000 em duas parcelas semestrais até final de 2002 – Sem desconto;
  • De R$ 2.001 até R$ 5.000 em 5 parcelas semestrais a primeira em janeiro de 2003 -Desconto de 8%
  • De R$ 5.001 até R$ 8.000 em 7 parcelas a primeira em julho de 2003- Desconto de 12%
  • Acima de R$ 8.001 mil em sete parcelas a primeira em janeiro de 2004 – Desconto de 15%

Cuidado com os prazos de adesão

Apesar do prazo para adesão à oferta do Governo terminar somente em dezembro de 2003, se você quiser receber os valores devidos de acordo com o calendário acima, é melhor se apressar e aderir à oferta logo. Isto porque, se você optar por aderir ao acordo, deverá entregar o Termo de Adesão até o último dia útil do mês que antecede o mês de pagamento da primeira parcela. Por exemplo, se você for receber a primeira parcela em junho de 2002, então deverá aderir ao Termo até o dia 31 de maio, e assim por diante.

Caso você perca o prazo de entrega, poderá aderir ao Termo da mesma maneira, porém só começará a receber os créditos no mês imediatamente subseqüente à data de opção. Para aderir à oferta você deve preencher a primeira parte do Termo de Adesão, que pode ser preenchido pela Internet ou encontrado nas agências dos Correios.