Executivos investem na compra de avião para facilitar rotina profissional

De acordo com a Aerie, para comprar um avião executivo, é necessário desembolsar entre US$ 2 milhões e US$ 6 milhões

SÃO PAULO – Faz parte da rotina de muitos profissionais enfrentar horas de congestionamento, principalmente nas grandes capitais brasileiras. Para os empresários, o problema se agrava já que alguns ainda têm de percorrer longas horas de viagens para visitar clientes e fornecedores. Pensando em reduzir o tempo de viagem, o desgaste físico e os riscos em termos de segurança pessoal, alguns executivos optam por comprar um avião. 

É o caso de um empresário do interior do Paraná que tinha como obrigação viagens de até doze horas de carro para percorrer cerca de 950 km toda semana. Com a compra de um avião, ele reduziu o tempo de viagem para uma hora e quarenta e cinco minutos.

“O ganho de tempo é fundamental para empresários que precisam se deslocar com frequência e um avião ‘compra  tempo'”, afirma o diretor da Aerie Aviação Executiva, Cassio Polli.

PUBLICIDADE

Polli acrescenta que esse executivo ainda pode levar seis pessoas a bordo por R$ 2.300 por viagem, custo menor do que enviar todo o grupo em aviões comerciais. Além disso, o tempo de viagem quase sempre é aproveitado para fazer reuniões a bordo.

Custo
Todas essas vantagens têm um custo. De acordo com a Aerie, para comprar um avião executivo, é necessário desembolsar entre US$ 2 milhões e US$ 6 milhões. O valor depende do modelo e em alguns casos do pagamento de impostos.

Além disso, os empresários têm despesas com a manutenção da aeronave, que variam conforme as horas de voo ou tempo de existência do equipamento. A Aerie explica que esses valores vão de R$ 60 mil a R$ 80 mil por ano.