sem chance

Executivos de RH listam as maiores gafes em entrevistas de emprego em 2013

Robert Half compartilhou ao Business Insider as perguntas e respostas mais inadequadas de candidatos durante um processo seletivo

SÃO PAULO – Estar preparado para uma entrevista de emprego é essencial para passar para as próximas etapas do processo seletivo de uma oportunidade de emprego. Certamente, nem todos se preocupam com isso e acabam com as chances de conquistar a sonhada vaga.

A empresa de recrutamento especializado, Robert Half, revelou ao Business Insider algumas das piores entrevistas de emprego realizadas durante o ano de 2013. Confira abaixo os maiores destaques e saiba o que não fazer ao ser entrevistado por um recrutador:

Respostas de perguntas clichês
Quando perguntaram “Por que devo contratar você?”, alguns executivos de recursos humanos receberam as seguintes respostas:

PUBLICIDADE
  • “Porque sou uma estrela do rock”
  • “Porque eu conheço Dick Clark”
  • “Porque eu tenho três filhos”

Além destas respostas, outro candidato exagerou na sinceridade ao falar sobre suas deficiências: “Não gosto de multidões, não sou amigável. Eu falo o que eu quero e, muitas vezes, sou mal interpretado. Muito confiante e, às vezes, ingênuo quando se trata de novos relacionamentos.”

Perguntas inadequadas
Fazer perguntas na entrevista de emprego demonstra interesse do candidato, geralmente. No entanto, alguns erraram a mão e exageraram nas perguntas inadequadas:

  • “Eu tenho que trabalhar todos os dias?”
  • “Você consideraria sair comigo?”
  • “Você quer dar uma volta no meu carro novo?”
  • “Qual é a cor da parede deste escritório?”
  • “Meu marido pode terminar este teste para mim?”
  • “Você o único chefe?”
  • “Você permite cochilos ao meio-dia?”
  • “Em quanto tempo posso tirar minhas férias?”