Executivo: você sabe como agem os profissionais da Era do Conhecimento?

Eles sabem posicionar empresa diante de problemas e ainda conseguem deixar a equipe unida e ter bons resultados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os grandes executivos das empresas brasileiras estão divididos em duas fases: Era Industrial e do Conhecimento. Isso divide-os de acordo com a maneira com que agem frente a determinados problemas e na execução de tarefas do dia-a-dia da empresa.

O executivo da Era Industrial tem características marcantes como: tomador de todas as decisões, diz às pessoas o que e como devem fazer, adoram sistemas de controle e apagam incêndios, mas estão um pouco inadequados à realidade. Diante disso, você sabe como age o executivo da Era do Conhecimento?

Posicionamento da empresa

O executivo desta época sabe como posicionar a empresa diante dos problemas, clientes e consumidores. Por isso, eles sempre param e realizam avaliações frequentes para direcionar a empresa diante de novos acontecimentos.

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, eles sabem estabelecer prioridades. Você encontra algum tempo de seu dia para avaliar o trabalho da empresa? E para procurar novidades e definir que caminho seguir, ou se está no caminho certo? Se isso não acontece com você, é melhor rever seu cotidiano, afinal ainda está na era da indústria, quando as equipes não se comunicam como deve.

Relação com funcionários

Com relação aos funcionários, os executivos da Era do Conhecimento sabem como unir a equipe, porque valorizam cada integrante, o que também é bom para o ambiente de trabalho, espaço que ele sabe moldar extraindo o que há de melhor de seus funcionários.

Este executivo ainda sabe avaliar corretamente aquelas pessoas que trabalham em sua equipe, sem preconceitos e favoritismo. Será que você sabe como fazer isso?

Atitudes de trabalho

Nas atividades realizadas diariamente, os executivos da nova era sabem como ligar pontos desconexos. Isso significa que eles têm noção do processo como um todo e estão atualizados com a realidade para saber contextualizar os fatos.

Este executivo sobrevive no mercado de trabalho acirrado e competitivo porque tem a capacidade de alcançar bons resultados mesmo lidando com as pressões da empresa e dos próprios clientes.