Mais rico do Brasil

“Eu tenho admiração pelo Eike Batista”, confessa Jorge Paulo Lemann

Perguntado por um investidor que perdeu dinheiro com Eike, Lemann destacou que não tinha interesse em resgatar o que sobrou do EBX

SÃO PAULO – Homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann – controlador da AB InBev, Burger King, Heinz e Lojas Americanas – mostrou simpatia pelo seu antecessor no posto. “Eu tenho admiração pelo Eike [Batista], que tomou risco e foi criativo”, disse em palestra na Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro, de acordo com o blog de Lauro Jardim

Contudo, Lemann viu erros na execução de Eike. “Ele errou no fator eficiência e pessoas. Faltou equipe”, disse o homem mais rico do Brasil, respondendo a uma pergunta da plateia. Humildemente, Lemann admitiu que não entende muito do setor de petróleo – que está fora do foco das suas aquisições. “Nós gostamos daquele negócio burrinho, que vende todo dia, nada muito inteligente. E ao entrarmos, procuramos melhorar a gestão dessas empresas”, destacou. 

Assim, perguntado por um investidor que perdeu dinheiro com Eike, Lemann destacou que não tinha interesse em resgatar o que sobrou do EBX. “Não vai dar para dar uma mão a você”, avisou – com um sorriso no rosto. Lemann discursou por 25 minutos e respondeu diversas perguntas da plateia. 

PUBLICIDADE