Etiqueta profissional: fumantes devem ter atenção redobrada ao hábito!

No ambiente profissional, ganha quem pensa no bem estar social. Por isso, fumantes devem sempre pedir permissão

SÃO PAULO – Os fumantes costumam não perceber quando estão incomodando. Acostumados com a fumaça, agem de maneira inconsciente e acendem o cigarro quando têm vontade. É por isso que precisam de atenção redobrada para o hábito, principalmente no ambiente de trabalho, quando o comportamento deve ser o mais adequado possível.

Na etiqueta profissional, ganha aquele que pensa no bem estar social e da equipe. Isto se aplica, até mesmo, quanto ao hábito. Se você é daqueles que pensa que a pessoa que não suporta a fumaça e o cheiro é “fresca”, é preciso mudar de comportamento.

Limites são necessários

PUBLICIDADE

Em algumas empresas é possível fumar no escritório. Mas não pense em fazer isso em ambientes fechados e com ar condicionado. Seria como provocar ou, até mesmo, incomodar de maneira clara a todos os que não gostam da fumaça e do cheiro. O hábito pode prejudicar os alérgicos. Pense nisso!

Mas não é somente porque a empresa permite que você poderá fumar no elevador do conjunto empresarial. Muitos destes condomínios possuem lugares reservados para fumantes. Além disso, se você divide a sala, a carona depois do trabalho e o banheiro com outras pessoas, nada de fumar.

Em refeições

O fumo sempre deve ser evitado à mesa. O ambiente de um encontro de negócios durante um almoço ou jantar deve ser totalmente limpo, o que exclui a fumaça do cigarro. Se a vontade for incontrolável, só acenda após todos terem terminado a refeição, e depois de pedir permissão a todos.

No entanto, se o encontro é com algum cliente, esqueça o cigarro, a não ser que a pessoa com a qual esteja negociando tome a atitude. Em cerimônias, somente haverá cinzeiros se o convidado de honra fumar. Se sentir necessidade, vá a um lugar arejado.

Outras dicas

Existem alguns locais destinados aos fumantes e outros em que é permitido fumar. Mesmo neles, é delicado e educado perguntar se o cigarro irá incomodar os presentes. Caso haja crianças por perto, esqueça o hábito: adultos devem dar exemplo.

Médicos e professores são exemplos de profissionais não assimilados ao fumo, já que o primeiro está relacionado à saúde, e todos sabemos que o cigarro pode causar doenças, e o segundo ao exemplo a seus alunos, e não deve incentivar o fumo. Por isso, no ambiente de trabalho não é recomendável fumar.