AO VIVO Estrategista-chefe da XP mostra estratégia para quem deseja viver de renda

Estrategista-chefe da XP mostra estratégia para quem deseja viver de renda

Estudo e trabalho: dicas para conciliar as duas atividades

Segundo consultora, apesar de a jornada de estudos ser árdua, a pessoa deve descansar e dormir durante as noites para que não caia o rendimento no trabalho

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Estudar exige tempo e dedicação, assim como trabalhar. Contudo, como unir essas duas atividades, sem prejudicar o desempenho profissional e a eficiência do estudo? O desafio é grande, mas não impossível de ser superado.

Para a consultora de desenvolvimento organizacional da Caliper, Luciana Zonta, é preciso dedicar algumas horas do dia para conseguir conciliar as atividades. “Para quem trabalha oito horas, pode-se dedicar duas ou três horas. O tempo aumenta se a pessoa trabalha menos”, disse.

Finais de semana

Além disso, ela indica o uso do tempo livre para o estudo, como os finais de semana, principalmente se a pessoa está se preparando para concurso público, que possui uma prova de seleção bastante específica.

PUBLICIDADE

“Se o objetivo é ingressar na carreira pública e se a pessoa tem condições financeiras, o indicado mesmo é que não trabalhe, já que os concursos são bastante concorridos. Mas se a pessoa precisa trabalhar, deve usar o tempo livre para estudar”, afirmou.

Descanso

Segundo Luciana, apesar de a jornada de estudos ser árdua, a pessoa deve descansar. Dormir durante as noites é essencial para um bom desempenho no trabalho e uma maior eficiência do que se aprende.

“O organismo não aguenta informação durante 24 horas por dia. A pessoa precisa fazer algo que goste para descontrair, seja uma academia ou um passeio curto, senão o estudo não rende”, orientou.

Organização

Por esse motivo, é que ela indica que, a cada duas horas de estudo, a pessoa pare. Neste período, pode comer uma fruta ou assistir a um pouco de televisão, para melhorar a capacidade intelectual e, depois, conseguir absorver o assunto. Mas, com cuidado, para não se distrair demais.

Além disso, Luciana disse que o local de estudo deve ser calmo, tranqüilo e bastante confortável. Se a pessoa tem uma família grande, a movimentação em casa pode atrapalhar. O melhor, neste caso, é ir a uma biblioteca.

É preciso ter método e planejamento. Separe as matérias mais importantes e faça um cronograma de metas.

Cursos

Se o estudo é para um curso relacionado com o trabalho, como no caso de estágio e faculdade, Luciana indica que a pessoa saiba relacionar os assuntos e use as companhias de trabalho como orientadores. Pratique aquilo que viu em sala de aula.