AO VIVO Do Zero Ao Gain: André Moraes fala sobre teoria de Dow, conceito de tendência e médias móveis

Do Zero Ao Gain: André Moraes fala sobre teoria de Dow, conceito de tendência e médias móveis

Estudo aponta dificuldade de readaptação do dekassegui que retorna ao Brasil

Salário menor, e serviços de saúde, transporte, segurança etc. mais precários tornam readaptação ao Brasil difícil

SÃO PAULO – A readaptação ao Brasil dos dekasseguis, brasileiros descendentes de japoneses que viajam para o Japão para trabalhar, pode não ser tão fácil quanto se imagina.

Isso porque, no país asiático, essas pessoas se acostumam a ter, por exemplo, o retorno de impostos em formas de políticas públicas, enquanto no Brasil terão de voltar a conviver com os gargalos dos serviços de saúde e transporte públicos.

Essa comprovação foi feita pelo estudo “A difícil readaptação nas fronteiras da cultura: O Retornado Dekassegui em São Paulo”, de Edson Katayama, formando da FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo). Para o sociólogo, o fenômeno dekassegui está longe de acabar.

Diferenças de salário

PUBLICIDADE

Outra dificuldade que os descendentes de japoneses têm que enfrentar é a diferença salarial, já que no Japão recebiam mais do que no Brasil.

Além disso, o estudo aponta que, muitos dekasseguis viajam ao Japão sem preparo, e não atentam para questões importantes como o conhecimento da língua, fundamental para a adaptação.

Segundo o estudo, a maioria dessas pessoas decide ir ao Japão para poder juntar dinheiro para voltar ao Brasil e ter uma vida confortável. Porém, também há casos em que a decisão foi feita devido ao descontentamento com o governo e política no Brasil.