Em carreira / estagio

O que considerar antes de aceitar um estágio não remunerado

Foi chamado para uma vaga de estágio não remunerado e não sabe se vale a pena aceitar? Consulte 4 coisas que deve ponderar antes de dar a resposta definitiva

Salário Dinheiro
(Thinkstocks)

SÃO PAULO - Estágios não remunerados também têm o seu lado positivo. Se recebeu uma proposta, mas está com medo de fazer a escolha errada, veja aqui as 3 questões que deve analisar antes de se decidir: 

1 – O estágio é na sua área de estudo? Se o estágio não remunerado for para atuar uma área fora da sua área de estudos, não o aceite. Não faz sentido trabalhar 6 horas por dia, de graça, numa área que não vai complementar em quase nada o seu currículo. Mas se o estágio for de encontro à sua área de estudos e for uma empresa reconhecida, pode ser interessante aceitar a vaga.

2 – É o emprego dos seus sonhos? Se foi chamado para estagiar numa grande empresa ou para o emprego dos seus sonhos, vale a pena aceitar, mesmo que não venha a ser remunerado. Aproveite essa oportunidade e destaque-se para que consiga uma vaga na empresa.

3 – Tem a força de vontade exigida? Trabalhar de graça é um grande desafio para qualquer pessoa. Vários estudos mostram que os funcionários que recebem salários trabalham mais, melhor e apresentam melhores resultados. Se achar que a experiência lhe vai trazer coisas tão boas como o dinheiro, aceite a vaga.

4 – O período de estágio é longo? Vagas de estágios com contratos não remunerados com longa duração podem não ser uma boa ideia. Por melhor que seja a oportunidade, será que vai valer à pena trabalhar na mesma empresa ao longo de vários meses sem receber nada?

Veja mais matérias de Carreira no Universia.

 

Contato