Enem: estudantes que não fizeram serão prejudicados?

Se a nota seria válida para o vestibular da universidade que o estudante almejava ingressar, então ele foi prejudicado, diz coordenador do Etapa

SÃO PAULO – No último final de semana, dias 5 e 6 de dezembro, cerca de 2,6 milhões de estudantes fizeram a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em todo o Brasil. Do total de inscritos, 37,7% não compareceram. Esses alunos serão prejudicados?

Se a nota seria válida para o vestibular da universidade que o estudante almejava ingressar, então ele foi prejudicado, pois não poderá contar com a pontuação adicional.

Boa notícia

Porém, uma boa notícia é que as universidades consideram sempre a nota mais alta do aluno nos últimos dois anos de Enem. Quem fez a prova no ano passado poderá contar com a nota.

PUBLICIDADE

Por outro lado, quem não realizou a prova no ano passado nem neste ano não terá a pontuação adicional. Além disso, não terá a nota de 2009 para comparação do Enem realizado em 2010.

“O problema será maior se a prova do ano que vem for mais difícil, mas acho que isso não acontecerá. O nível de dificuldade deverá se manter”, explica o coordenador-geral do Etapa, Edmilson Motta.

E quem optou por não fazer?

Quem escolheu não fazer a prova do Enem porque prestará vestibular em universidade que não considera a nota não será prejudicado.

“Os alunos que deixaram de fazer a prova consideram que o Enem não tem mais importância para a faculdade que eles querem entrar”, afirmou Motta.

Alguns treineiros, alunos do 2º ano do Ensino Médio que fazem a prova somente para treinar, não realizaram o exame por causa da data, já que coincide com final de ano letivo ou até mesmo início de férias escolares.