Empresas querem menos vínculos empregatícios. O que profissional deve fazer?

Para empresas, funcionários podem significar mais impostos. Por isso, veja o que deve fazer para conquistar uma vaga

SÃO PAULO – Muito se fala sobre o mercado de trabalho acirrado ou concorrido, mas você sabe o que significa isso? A resposta é bem simples de entender: muitas pessoas para ocuparem poucos cargos disponíveis.

Isso acontece porque as empresas não querem mais formar tanto vínculo empregatício, o que significa mais impostos a ser pagos por elas, burocracias e possíveis ações trabalhistas. Diante deste cenário, o profissional deve tomar algumas atitudes, veja abaixo algumas delas.

Se autoconheça e tenha objetivos claros

O profissional que quer convencer uma empresa de que não será um peso, deve se autoconhecer. Isso significa saber quais são seus talentos, aptidões e habilidades, para que concorra ao cargo ideal de acordo com suas características, e realmente trabalhe naquilo que seria seu “dom”.

PUBLICIDADE

Além disso, de nada adianta ter aptidão para o trabalho, se seus objetivos profissionais não estão bem definidos, mas saiba que eles podem mudar, o que é normal. Baseie-os em suas aptidões e não se deixe levar para qualquer empresa. A escolha também é sua.

Persista e se atualize sempre

As empresas dispensam muitos candidatos, mas é preciso persistir, característica que poderá substituir seu talento. Mostre força de vontade e convença o empresário ou selecionador de que você fará a diferença.

Mesmo ao conquistar a vaga no acirrado mercado de trabalho, é preciso atualização constante. Você deve aprender a desaprender, desapegar-se do que não é mais utilizado e ainda se atualizar a todo o momento, seja por meio de cursos, palestras ou voltando a ser aluno.